Média °C
a

MENU
  

NOTÍCIAS

27/11/2023

Sistemas brasileiros de cooperativas de crédito passam a integrar a WOCCU

O Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (WOCCU) anunciou a adição do Sicoob, um dos maiores sistemas cooperativos financeiros da América Latina, como seu novo membro, adicionado sob uma estrutura de membros revisada do Conselho da WOCCU Conselho de Administração aprovado no início deste ano.



Com mais de US$ 43 bilhões em ativos, o SICOOB apoia mais de 14 cooperativas de crédito centrais e 343 cooperativas de crédito afiliadas individuais que atendem a mais de sete milhões de membros em todo o Brasil.



O SICOOB junta-se à WOCCU sob a sua categoria de Membro Associado, que está agora aberta a associações cooperativas nacionais em países onde já existe um Membro Direto da WOCCU.



“A aprovação do SICOOB como Membro Associado da WOCCU é motivo de grande satisfação, pois não só evidencia o compromisso da nossa instituição com os princípios do cooperativismo financeiro, como também confirma a importância do tema à escala global”, afirmou Marco Aurélio Almada, CEO do SICOOB.



“Guiados pela visão de um futuro financeiro mais cooperativo e acessível para todos, o nosso compromisso é divulgar e colaborar ativamente com os nossos parceiros globais, esforçando-nos por moldar um sistema financeiro sustentável, transparente e centrado nas pessoas”, acrescentou Miguel Oliveira, Presidente do Conselho de Administração do SICOOB.



No caso do Brasil, o Sicredi é Membro Direto da WOCCU há mais de 20 anos. O Sicredi foi uma das organizações que defendeu uma maior inclusão através da abertura da adesão à WOCCU a mais de uma associação nacional por país, mesmo que isso significasse acolher uma das suas concorrentes. “O apoio do Sicredi à adesão de novos sistemas é um sinal muito claro de intercooperação global em favor de um mundo melhor voltado para o desenvolvimento de comunidades mais pacíficas – seguindo o lema de pessoas ajudando pessoas”, disse Manfred Dasenbrock, Diretor do Conselho da WOCCU que também atua como presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ (Curitiba, Brasil) e conselheiro do Sicredi.



Thomas Belekevich, Diretor de Serviços aos Membros da WOCCU, acredita que a nova estrutura de membros apenas permitirá maior diversidade e envolvimento.



“Nossa rede é nosso patrimônio líquido na WOCCU. Ao darmos as boas-vindas ao SICOOB à nossa família global, este exemplo de inclusão lembra-nos do potencial para fazermos muito mais juntos. Ao aprofundar nossos relacionamentos com cooperativas financeiras em todo o Brasil, estamos ampliando as oportunidades de aprender, compartilhar e colaborar em nossos desafios globais compartilhados”, disse Belekevich.



A nova estrutura de membros da WOCCU também permite que as cooperativas de crédito de primeiro e segundo nível se tornem Membros Associados se estiverem localizadas em países onde a WOCCU não tenha um Membro Direto existente. Este é um mecanismo importante que permitirá à WOCCU construir relações em países onde não existem associações nacionais ativas. A adesão associada também permanece aberta às confederações cooperativas financeiras regionais. 



Organizações de serviços de cooperativas de crédito, fintechs e outros parceiros da indústria que anteriormente eram Membros Associados, agora são reconhecidos na nova categoria de Membro de Apoio. 



A estrutura revisada de membros não alterará os privilégios de voto na WOCCU. Os Membros Diretos ainda serão as únicas organizações autorizadas a votar na Assembleia Geral Anual da WOCCU e serão elegíveis para nomear representantes para o Conselho de Administração da WOCCU.




Fonte: WOCCU