Média °C
a

MENU
  

NOTÍCIAS

24/11/2017

Comissão divulga resultado da Certificação de Responsabilidade Social 2017

A Comissão Mista de Certificação de Responsabilidade Social finalizou o julgamento das inscrições da 7ª edição em reunião extraordinária realizada nesta quinta-feira (16), na Assembleia Legislativa. Quatro cooperativas serão agraciadas com a Certificação: Sicoob Central SC/RS, Sicoob São Miguel, Coopera e Fecoagro. Além disso, quatro empresas e duas organizações da sociedade civil, que obtiveram as melhores pontuações na avaliação de seus balanços sociais e projetos desenvolvidos, receberão o Troféu Responsabilidade Social – Destaque SC este ano, dentre 60 organizações que terão seus balanços sociais certificados. 

Na categoria grande porte, segmento indústria, o troféu de 2017 será concedido à empresa Celulose Irani, enquanto no segmento comércio/serviços a vencedora foi a Portonave S/A Terminais Portuários de Navegantes. De médio porte, levarão troféu a Pré-Vale Pré-Moldados (indústria) e a Nexxera (comércio/serviços). Duas organizações da sociedade civil também serão premiadas, a Fundação Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e o Serviço Social do Comércio (Sesc Santa Catarina). Na categoria empresa de pequeno porte não haverá vencedor este ano, pois nenhuma empresa obteve nota média para ganhar o troféu destaque.

A relação completa das organizações que serão certificadas e daquelas que receberão o troféu está disponível no site http://responsabilidadesocial.alesc.sc.gov.br/ . A certificação e a entrega dos troféus de 2017 ocorrerão em sessão especial no Plenário Osni Régis da Assembleia Legislativa, no dia 4 de dezembro, às 19 horas.

De acordo com a presidente em exercício, Raquel Souto, que representa o Conselho Regional de Contabilidade (CRC) na Comissão Mista, o colegiado realizou um trabalho extenso e bastante cuidadoso para garantir que as empresas e entidades que participam do certame tivessem seu balanço social avaliado conforme os critérios estabelecidos no edital de 2017. “O que pudemos perceber é que as entidades e as empresas têm se aperfeiçoado, seguiram o edital e começaram a trazer aquilo que é de fato importante num balanço social. Com a evolução dos editais dos certames, as organizações também têm evoluído, têm se dedicado e incluído a responsabilidade social na gestão dos seus negócios”, constatou.

Premiação
A Certificação de Responsabilidade Social é promovida anualmente pela Assembleia Legislativa em conjunto com outras 12 instituições, e tem por objetivo reconhecer o mérito de organizações que comprovem o comprometimento da gestão com o desenvolvimento sustentável.

Na 7ª edição, 100 inscrições foram recebidas pela Comissão Mista que coordena a certificação e 94 foram homologadas, mas a certificação será concedida a 60 empresas privadas, empresas públicas e entidades. As demais não foram recomendadas à certificação porque o balanço social não atendeu os critérios previstos no item 7 do edital, de acordo com Raquel Souto.

Instituições que compõem a Comissão Mista de Certificação de Responsabilidade Social:

Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc)
Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conede)
Conselho Regional de Contabilidade (CRC/SC)
Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc)
Federação Catarinense dos Municípios (Fecam)
Fundação do Meio Ambiente (Fatma)
Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (FecomércioSC)
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc)
Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICom)
Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina (OAB/SC)
Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc)
Observatório Social de São José (OSSJ)
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae).




Fonte: Assessoria de Comunicação Interna Sistema OCESC, com informações da ALESC