Temas em Foco

Somoscoop nos representa

Olá pessoal, nesta quinzena invertemos a ordem de apresentação das publicações para iniciarmos a leitura com uma excelente notícia, Sescoop homenageia escolas parceiras do Cooperjovem. Ela nos conta que o Prêmio SomosCoop – Melhores do Ano, iniciativa do Sistema OCB, tem a intenção de reconhecer as boas práticas de cooperativas brasileiras que tenham benefícios comprovados aos seus cooperados e à comunidade onde estão inseridas. O Sicoob Creditapiranga ficou em primeiro lugar por desenvolver o Cooperjovem seguindo as boas práticas de implantação e acompanhamento do Programa. As ações desenvolvidas pela cooperativa podem ser reaplicadas e, assim, servirem de inspiração a outras. Mãos à obra!!

Na continuidade, trazemos o texto Como fortalecer o trabalho em equipe no sistema educacional?, sugerido aos gestores e equipe pedagógica em geral. O autor aborda a importância da união de pessoas dispostas a seguir juntas para a mesma direção, pois permite intensificar o seu bem-estar, o intercâmbio de saberes e a compreensão da diversidade. As equipes em uma escola são compostas por integrantes diferentes uns dos outros! Possuem hábitos, sonhos, competências, aptidões, necessidades, conhecimentos e habilidades diferentes. E mais, diz que essa diversidade é saudável, gera inovação, aprendizagem e fortalece o melhor relacionamento humano, base do trabalho coletivo. Confira!

Aos professores sugerimos o texto A construção coletiva e a natureza social da aprendizagem, de modo a articular estratégias pedagógicas à aprendizagem interativa que possibilita a construção coletiva, temática da quinzena. Para que a criança aprenda, ela necessita interagir com outros seres humanos, especialmente com os adultos e com outras crianças mais experientes. Por isso, juntar os estudantes para aprenderem não é simplesmente uma escolha, mas uma necessidade, tal qual a cooperação para o desenvolvimento da sociabilidade.

Para aprofundar um pouco mais sobre o impacto do trabalho coletivo na aprendizagem e no desenvolvimento cognitivo e social dos alunos publicamos a dica  Quais as relações entre a minha vida pessoal e a sociedade em que vivo? Inúmeras vantagens decorrem da utilização do trabalho coletivo como instrumento de trabalho dos professores, porém, talvez o ponto forte dessa estratégia esteja em permitir que as pessoas aprendam a lidar com as diferenças existentes nos grupos organizados.

Para atender demandas expressadas nos grupos cooperativos que fazem parte do processo de avaliação qualitativa do Cooperjovem, postamos a sugestão de vídeo Intercâmbio entre as Escolas, no qual professores e gestores das Escolas do Grupo Critique compartilham suas experiências, aprendizados, trocas e reflexões após uma visita conjunta na Escola Viva, em São Paulo, no dia 18 de setembro de 2018.

Lembramos que assistir juntamente com outros professores e depois realizar a sugestão de atividade Cooperação sem fronteiras: como organizar intercâmbios, pode colaborar com a organização de intercâmbios entre professores e também entre escolas/alunos. Para isso, oferecemos endereços para serem consultados (todos disponíveis no blog Cooperjovem) e sugerimos outras pesquisas em sites de busca. Por fim, sugerimos ainda que as escolas que aderirem à proposta utilizem o nome Cooperação sem fronteiras, de modo que possamos reunir boas práticas de intercâmbio e socializar com outros estados que implementam o Cooperjovem.

Boa Leitura

Até a próxima quinzena

Equipe SESCOOP SC

Envie para

Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.