Leitura para Professores

Aprender fazendo

A oficina, na prática pedagógica, é uma estratégia metodológica horizontal, colaborativa, um espaço para aprender fazendo, de experimentação coletiva de ideias e saberes. Por isso, supõe a interação necessária à aprendizagem cooperativa, o fazer junto, onde teoria e prática se reúnem para superar a dicotomia entre educação e vida. Essas características dão à oficina uma dinâmica democrática, participativa, colaborativa e reflexiva, que parte de situações reais para debater, refletir e tomar decisões que favoreçam a melhoria da qualidade de vida para todos.

Oferecer oficinas para promover a aprendizagem fortalece a ação coletiva (o debate, a argumentação, a tomada de decisão negociada), o espírito crítico (capacidade de avaliar os próprios resultados e do coletivo), possibilita maior interação com a comunidade e o protagonismo dos estudantes.

Independentemente do tema da oficina, importa saber que os resultados obtidos resultam de um bom planejamento, da concepção de que a aprendizagem tem natureza social, da presença mediadora do professor que orienta, desafia e coordena o constante aprimoramento das interações, atento às características da educação cooperativa para propor experiências que potencializem a vivência da cooperação, da cidadania e do protagonismo.

Como organizar e coordenar uma oficina depois de decidir participativamente os temas que serão estudados.

ROTEIRO

  1. Organiza o trabalho
  2. Orienta a construção do conhecimento
  3. Favorece a produção coletiva

MODELO EXEMPLIFICATIVO

a – Apresentação do tema e objetivo – para socializar a pauta da oficina;

b – Aquecimento/ sensibilização - para facilitar o conhecimento mútuo, a interação entre os participantes e a aproximação com a atividade;

c – Problematização/articulação com o Programa Cooperjovem e o PEC– o que gostam na comunidade onde vivem e querem manter, o que não está bem e precisa ser transformado, o que faz falta e gostariam de construir coletivamente;

d – Produção coletiva/atividades práticas – atividade de observação do local (escola e seu entorno), identificação de pontos de melhoria, relação com a situação-problema, ações de protagonismo, ações coletivas. O que vamos fazer juntos?  

e – Formas de registro/documentação – desenhos, textos, maquetes, croquis, fotografias, gravações;

f – Socialização das produções;

g – Comentários;

h – Síntese/Avaliação;

i – Elaboração de relatório.

Envie para

Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *