Temas em Foco

Oficinas temáticas e o trabalho coletivo

Olá, pessoal

O Século 21 impõe paradigmas para nos desafiar e apurar nosso olhar para as novas concepções de sociedade, de relações sociais, de valores mais cooperativos, de tecnologias e políticas públicas capazes de contemplar tais demandas. Tudo isso depende de estratégias colaborativas, da empatia dos gestores educacionais, para que mobilizem espaços e tempos para discutir e redefinir concepções sobre a organização da escola e de seu papel social na formação de um novo cidadão, capaz de mobilizar conhecimentos para o bem-estar da comunidade.

Lembrando que o Cooperjovem assumiu compromisso de investir na aprendizagem do trabalho coletivo, publicamos nesta quinzena outras estratégias, inovadoras, dialógicas e essencialmente cooperativas, de modo a subsidiar o debate e a prática do dia a dia escolar. Vamos lá!

Por melhores que sejam a estrutura física, o corpo técnico e os recursos tecnológicos oferecidos por uma instituição, sua qualidade só será realmente reconhecida devido a excelência dos resultados que ela obtém com seus alunos. Por isso, aos gestores sugerimos a leitura do texto A importância das oficinas pedagógicas e como criá-las, pois a correria do dia a dia nem sempre permite planejar esse momento da forma mais eficiente. Então, que tal conhecer um pouco mais sobre essa metodologia e saber como utilizá-la para produzir resultados espetaculares? Se é isso o que você deseja para sua escola, faça das oficinas pedagógicas um espaço de descoberta e transformação!

O texto Aprender fazendo, voltado aos professores, esclarece que a oficina, na prática pedagógica, é uma estratégia metodológica horizontal, um espaço para aprender fazendo, de experimentação coletiva de ideias e saberes. Por isso, supõe a interação necessária à aprendizagem cooperativa, o fazer junto, onde teoria e prática se reúnem para superar a dicotomia entre educação e vida. Essas características dão à oficina uma dinâmica democrática, participativa, colaborativa e reflexiva, que parte de situações reais para debater, refletir e tomar decisões que favoreçam a melhoria da qualidade de vida para todos.

Como não poderia deixar de ser, trazemos uma sugestão de atividade, Pesquisando roteiros de oficinas temáticas, um projeto Onda Jovem que aborda com jovens e educadores três organizações sociais do tema "Famílias Juvenis - De onde eu venho e para onde eu vou". A proposta é discutir com jovens seus desejo e as oportunidades para construir seu lugar no mundo, tendo como ponto de partida uma reflexão sobre o papel da família em suas vidas e o reconhecimento do contexto em que vivem e como podem atuar nele.

A dica referente ao tema é Como planejar uma oficina pedagógica eficiente? Interessante observar que para alcançar resultados, a oficina pedagógica não deve ser um momento entediante e burocrático. Sua principal função é preparar o docente para os desafios práticos que ele vai encontrar na sala de aula. Isso não significa que não seja importante fornecer também uma base teórica aos professores. No entanto, o foco deve estar na aplicação do conhecimento: como transformá-lo em ações eficazes para solucionar os problemas que ele enfrenta no dia a dia.

Por fim, publicamos Prazer em conversar , uma sugestão de leitura recomendada a todos aqueles que estiverem se preparando para investir no diálogo franco e aberto com os estudantes. As informações alargam o universo conceitual e reflexivo, expandem possibilidades que desconstroem diferenças e educam a sensibilidade que pode ser muito bem trabalhada em oficinas temáticas.

Para complementar sugerimos uma oficina de música em forma de vídeo, para alunos do 1º ano do ensino fundamental, mas que pode ser adaptada para alunos maiores. Vale a pena conferir!

Boa leitura

Equipe Cooperjovem SC

Envie para

Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *